B BOSCH chega a Farroupilha

 

 

Empresa concluiu etapa de licenciamento ambiental

e agora se prepara obras físicas em Linha Palmeiro

 

Com um investimento de 16 milhões de dólares, a multinacional chilena B Bosch está chegando a Farroupilha instalando-se no centro de uma região que é o segundo maior polo metalmecânico do Brasil.

As obras da nova unidade, que estará localizada em Linha Palmeiro e terá cerca de 7.000 m2 de área construída, devem começar em julho próximo e a previsão do início de atividades é julho de 2012. A empresa deverá gerar 180 empregos diretos e tem previsão de faturamento anual de 40 milhões de dólares.

O anúncio oficial da instalação desta segunda unidade da B Bosch no Brasil foi feito na noite da última quarta feira aqui em Farroupilha, em ato que reuniu toda a direção da empresa, administração municipal, lideranças políticas, empresariais e comunitárias.

A B Bosch é uma multinacional chilena com mais de 40 anos de atuação no mercado. Seu serviço de galvanização a fogo é líder no mercado latino americano. A empresa tem sete unidades no Chile e uma no Brasil, na cidade de Jundiaí, SP.

A empresa também trabalha com obras, desenho e construção de sistemas e transmissão e distribuição elétrica, fabricação de torres e estruturas de transmissão.

Galvanização a fogo é um processo industrial de proteção contra corrosão para estruturas de aço ou ferro fundido através da imersão em um banho de zinco fundido.

A galvanização a fogo faz parte da cadeia de valor em quase  todo o tipo de aplicação e indústria onde o aço é empregado. As indústrias de utilidades domésticas, processos químicos, papel e celulose, construção civil, automotiva e de transporte, entre outros, fazem uso deste sistema de proteção contra corrosão.Segundo a empresa, a  tecnologia empregada é a mais moderna disponível no mundo.

Outros dados apresentados por Manfred Von Desauer, diretor de engenharia e tecnologia da empresa: o layout dos setores de processo da  planta é um desenvolvimento exclusivo da B Bosch; maioria dos equipamentos tem fornecedores no Rio Grande do Sul;  desenho dos processos tem bases fortes nos conceitos: eficiência energética, controle da poluição, redução e disposição adequada dos resíduos; o tamanho das peças dos clientes definem o tamanho do banho de zinco fundido; os usuários na região produzem elementos de aço de grandes dimensões; para atender a demanda  dos clientes a planta foi desenhada com uma cuba  de 13 x 1.5 x 3,2 metros (C x L x P).

Com a unidade de Farroupilha a empresa deverá atender clientes situados num raio de até 500 quilômetros.

 

 

 

 

Diretor destaca compromissosda empresa e justifica escolha 

Pablo Bosch, diretor presidente da empresa B.Bosch, destacou que a companhia tem 51 anos de atuação. Lembrou as missões do grupo que incluem compromisso com os serviços prestados, clientes, colaboradores e comunidade, a geração de empregos de qualidade, o trabalho em equipe, o espírito empreendedor.

Citou ainda o papel de criar oportunidades para os clientes e sociedade. “Queremos ser um agente que promova Farroupilha, que traga ainda mais desenvolvimento para esta comunidade, por isso estamos investindo no município”, reforçou.

O presidente citou que a escolha pelo município deu-se por sua excelente localização que permite à empresa o atendimento dos seus clientes na região. Lembrou que a definição pelo município não foi por um acaso, mas fruto de estudos profissionais que indicaram Farroupilha também com mão de obra qualificada e desenvolvida e pelo apoio e interesse da administração municipal.

 “Aqui também encontramos importantes valores humanos, é uma cidade que podemos fazer a diferença”, finalizou Bosch.

 

 

 

 

Extremos cuidados com

a proteção ambiental

Com licença ambiental já concedida pela FEPAM, a nova planta industrial da B Bosch destaca-se pelos cuidados que tem com a questão ambiental e pelo rígido cumprimento da legislação. Ela nasce com a aprovação legal dos órgãos ambientais oficiais do Estado.

Para isso a B Bosch contratou uma empresa na área de consultoria e planejamento ambiental que fez todo o projeto ambiental, que iniciou em 2008.Obtida a licença prévia junto ao órgão estadual ambiental, até 2009  foram feitos estudos de campo; atendimento ao Termo de Referência da FEPAM; estudos da fauna/flora/geológico/vizinhança; avaliação dos Impactos ambientais; estudo do comportamento hidrogeológico do imóvel; sazonalidade dos diagnóstico e propostas de implantação.

Para a obtenção da licença de instalação junto a Fepam mais estudos foram feitos e apresentados como o cronograma físico da obra; previsão de tratamento de efluentes líquidos, sólidos e gasosos; cálculo de intervenção e reposição florestal; proposta de compensação ambiental; restauração de áreas de proteção; projetos arquitetônicos aprovados; supervisão ambiental.

A empresa terá que fazer uma reposição florestal, que prevê entre outras medidas, a doação de mudas para a prefeitura de Farroupilha. Também o projeto terá que ter supervisionamernto e acompanhamento de  todas as etapas de implantação, bem como monitoração das atividades de intervenção, zelando assim pela manutenção da cobertura florestal nativa, evitando supressão desnecessária em desacordo com o previsto.

 

 

 

 

Nova planta industrial incorpora

a mais moderna tecnologia

“Esta é uma planta industrial que tem um conceito muito moderno, que faz com que a pessoa que nela trabalhe tenha muito conforto e com isso seja muito mais produtivo. Nosso projeto tem sucesso por dois fatores: o bom ambiente de trabalho de nossos funcionários, e de clientes que aceitem o trabalho que oferecemos para eles. Esses fatores nós temos muito bem presentes.” Assim Luis Gallegos Figueroa diretor da área de recobrimentos da B Bosch definiu o projeto da empresa em Farroupilha.

Sobre as diferenças entre a fábrica em Jundiaí e esta nova unidade Luis Gallegos frisou que elas situam-se no campo da tecnologia. Disse que naturalmente a  nova planta incorpora os avanços tecnológicos mais recentes, que especialmente dizem respeito a proteção ambiental e a qualidade do ambiente de trabalho.

O executivo também destacou que o trabalhador desta nova fábrica vai ser capacitado permanentemente. “ Mas esta capacitação compreende várias atividades e não só dentro da fábrica.Por exemplo, vai ter que saber como esta pessoa encara seu futuro, agregando assim maior valor a uma meta a ser atingida. Não nos interessa ter alta rotatividade em nosso quadro funcional, pessoas que ficam um ano ou dois e depois vão embora. Por isso esta pessoa precisa ter capacitação para que agregue qualidade ao que faz e assim permaneça  na empresa por um longo tempo.

 

 

 

Prefeito realça e agradece

 investimento da B Bosch

Para o prefeito Ademir Baretta, receber este grande investimento da B Bosch é um motivo de orgulho para todos os farroupilhenses. “ Farroupilha que recebe muito bem os migrantes, os trabalhadores, também recebe muito bem os empreendedores. Hoje é um dia muito importante para nossa comunidade. Desejamos que o sucesso do grupo B Bosch no Chile, em Jundiaí se repita em Farroupilha.

O  prefeito Ademir Baretta destacou que a B Bosch não chegou a Farroupilha por acaso. “ Por certo nossa cidade foi escolhida por sua localização pelos seus índices de desenvolvimento econômico e social, mas também porque desde o primeiro momento a empresa foi tratada pela administração municipal com respeito, profissionalismo e muita atenção”, disse o prefeito Ademir Baretta.

- Desde o primeiro momento ainda no governo Pasqual, a administração municipal apoiou a empresa. O trabalho da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, através do secretário Silvio Chies, por certo é um dos fatores determinantes para que estejamos recebendo agora este importante investimento industrial, acrescentou Baretta.

O Prefeito disse da satisfação do governo em ver Farroupilha crescer tanto no setor industrial quanto no humano. “Nosso governo tem quatro pilares que fortalecem nosso trabalho: saúde, educação, habitação e geração de emprego. Foram cerca de 3 mil empregos gerados, temos o quinto melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) do Estado e o primeiro projeto habitacional do Brasil que beneficia município com menos de 100 mil habitantes. Muito obrigado a vocês da B. Bosch que vêm nos ajudar a crescer, contribuindo assim para a geração de empregos e de mais desenvolvimento para todos os farroupilhenses”, concluiu Baretta.

 

veja a reportagem completa em:  http://www.ofarroupilha.com.br/novo/flip-impressa/default.php?id=23

(páginas 20 e 21)

 

 

 

Voltar topo

Área restrita l Trabalhe Conosco l Contatos

Todos os direitos reservados. B.Bosch Galvanização

 

B.BOSCH GALVANIZAÇÃO DO BRASIL


UNIDADE JUNDIAÍ - SP
Av. Engenheiro João Fernandes Gímenez Molina, 50 - Dist. Industrial - Jundiaí - SP - CEP 13213-080
Fone: 11 2152-7988 - Fax: 11 2152-7979


UNIDADE FARROUPILHA - RS
VRS864, 5040 – Linha Palmeira, 1 Distrito – Farroupilha – RS – CEP 95.180-000
Fone: 54 3039-9500 - Fax 54 3039-9515